QUAIS INDICADORES FINANCEIROS UTILIZAR?


Todos entendem a importância de manter uma base de dados sólida e completa de uma empresa. Mas você sabe como usar esses dados para melhorar o seu negócio e a forma como o gerencia? Nesse post vamos falar um pouco sobre os principais indicadores financeiros, como podemos utilizá-los corretamente e assim entender melhor os nossos recursos dentro de uma empresa.


Os indicadores financeiros nada mais são do que ferramentas que servem para medir a performance do dinheiro que circula dentro de uma empresa. Resumidamente, eles existem para ampliar o campo de visão e assim auxiliar nas tomadas de decisões sobre quais investimentos sãos os melhores a se fazerem.


Nas análises financeiras podemos dividir os Indicadores em 4 grupos diferentes. O primeiro é o indicador de lucratividade, que se utiliza de ferramentas como a margem bruta e a margem EBIT para demonstrar quanto de lucro a empresa teve em um período definido de tempo. Ele pode ser calculado integrando todos os setores da empresa ou também de forma individual para medir a lucratividade de cada campo específico.


Já os indicadores de rentabilidade demonstram o lucro da empresa em relação às receitas geradas pelas vendas, capital investido e ativos. As ferramentas utilizadas são os cálculos de margem operacional, margem EBITDA e a margem líquida. Vale ressaltar que, apesar de os termos rentabilidade e lucratividade parecerem sinônimos, existem diferenças essenciais entre eles. A lucratividade compara os resultados com o faturamento, enquanto que a rentabilidade compara com o investimento. Sendo assim é extremamente importante prestar atenção em ambos, pois queremos que a empresa gere lucros e também retornos sobre os investimentos.


Nas finanças, os indicadores de atividade são aqueles que analisam o tempo necessário para que uma empresa consiga transformar os gastos em vendas ou em caixa, a partir da análise do giro de caixa e do fluxo de caixa, que apresentam relatórios completos sobre as entradas e saídas de dinheiro da empresa.


E por último temos os indicadores de liquidez que são aqueles que avaliam a capacidade de pagamento de uma empresa frente à suas obrigações com terceiros, dentro de um prazo pequeno. A capacidade de pagamento é calculada por meio da liquidez geral, liquidez seca, liquidez corrente e liquidez imediata que relacionam os valores de seu ativo com os valores de seu passivo. Esses indicadores são de grande importância para a continuidade da empresa, já que, quanto maior for o índice de liquidez, maior tende a ser sua saúde financeira.


Se você ainda tem alguma dúvida de qual indicador usar, precisa entender que isso depende dos objetivos, interesses e necessidades da sua empresa. Mas não tenha dúvidas de que todos eles são extremamente importantes para qualquer gestor que deseja entender e expandir sua empresa de forma eficiente, evitando ao máximo os erros.


Posts Em Destaque
Posts Recentes